fbpx

A importância do CNPJ e o que é endereço fiscal

Há alguns anos o processo para tirar o CNPJ deixou de ser tão burocrático e caro. Hoje em dia a legislação oferece facilidades aos empreendedores — principalmente aos microempreendedores individuais — para ter seu cadastro e, assim, poder ver seu negócio crescer.A primeira vantagem que o CNPJ oferece a uma empresa é que ele permite a emissão de nota fiscal, a contratação de outros serviços e a facilidade em realizar compras.Exercer uma atividade sem esse registro, mesmo que o negócio não tenha um espaço físico, é ilegal. Sendo assim, você pode ter problemas futuros com a justiça e não terá a oportunidade de ver seu empreendimento se desenvolver.Para quem não sabe, o CNPJ permite que a Receita Federal acompanhe adequadamente o pagamento dos seus tributos e das suas obrigações. A partir desse cadastro, você faz as declarações devidas, pode enviar documentos fiscais importantes e garantir uma contabilidade adequada.Caso você não tenha um CNPJ, seu negócio passa a ter algumas desvantagens, como operar de maneira ilegal e não contar com a confiança dos seus clientes, por exemplo. E não é isso que você deseja, não é mesmo?Com o CNPJ você pode obter financiamentos empresariais e até participar de programas de incentivo ao desenvolvimento econômico. Outra vantagem é que, com o cadastro, dá para concorrer àquela licitação que você tanto deseja!Quais são os primeiros passos para tirar o CNPJ?O primeiro passo para tirar o CNPJ é você saber em qual formato sua empresa se encaixa. É importante destacar também se a previsão de faturamento anual do seu negócio é menor que R$ 60 mil. Se for, você será enquadrado como microempreendedor individual (MEI) e fará um procedimento mais simples para se inscrever no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.Nesse caso, procure a Agência do Sebrae do seu município ou busque informações em empresas especializadas que oferecem orientação a empreendedores individuais.Também é importante definir a sua atividade. Nessa etapa, a definição acontece com base na CNAE, uma lista classificatória que oferece às empresas a oportunidade delas definirem sua área de atuação.A escolha da área de atuação deve ser feita com muito cuidado para evitar problemas com a fiscalização.Como obter o CNPJ?A Receita Federal é a responsável por fornecer o CNPJ, e seu pedido pode ser feito on-line, no próprio site da Receita. No caso do microempreendedor individual, é mais simples e rápido do que da forma tradicional.Para o MEI, todo o processo para tirar o CNPJ é feito on-line, no Portal do Empreendedor. No site, há todas as orientações que você precisar. No entanto, se você achar necessário, poderá pedir a ajuda de um contador.Outra opção é procurar a agência do Sebrae do seu município, que disponibiliza diversos consultores e materiais explicativos nos locais de atendimento.Além do Sebrae, em alguns municípios brasileiros, o cadastro do MEI e a obtenção do CNPJ podem ser feitos pela prefeitura. Para realizá-lo é necessário apresentar CPF, número da declaração do Imposto de Renda e número do título de eleitor.Ao finalizar o cadastro, é gerado o CNPJ, a inscrição na Junta Comercial, no INSS e o Alvará Provisório de funcionamento da sua empresa. Esse é um único documento. Você também adquire o Certificado de Condição de Microempreendedor Individual.Agora que você já sabe como é importante fazer seu CNPJ, providencie o seu! Ele é um documento indispensável, que garante a segurança e a regularidade da sua empresa.A legislação pode até ser burocrática, mas se adequar ao que ela exige vai evitar muitos problemas fiscais no seu negócio e a perca de clientes atentos. Por isso, você como empreendedor, deve se preocupar em fazer a sua empresa funcionar corretamente.
Clique aqui e baixe nosso guia gratuito Como abrir uma empresa.

O que é endereço fiscal e como conseguir um?

Já tentou comprovar a existência do seu negócio para os órgãos públicos? Tem dificuldade em achar um endereço fiscal válido? Então, confira agora como resolver o seu problema!Endereço fiscal, como o próprio nome sugere, é um endereço em que a sua empresa é registrada nos órgãos públicos. Mas, esse local não precisa ser o seu ponto comercial.Em outras palavras, se você atua na prestação de serviços, não é necessário abrir um ponto de comércio apenas para conseguir se registrar e caso já tenha um ponto fixo, pode ser uma boa opção ter um endereço para fins tributários e formais.Mas, como conseguir um endereço fiscal? Uma boa saída é optar por escritórios virtuais que oferece um endereço para você registrar a sua empresa nos órgãos públicos sem a necessidade de locar um espaço físico, alem do endereço esse escritórios virtuais recebem as correspondências de sua empresa, uma outra opção são os   espaços de coworking, que permitem que você tenha um endereço fixo e um local compartilhado para trabalho mais barato e uma localização privilegiada.Quais os motivos para ter um endereço fiscal?Agora que você já sabe o que é endereço fiscal e como conseguir um, chegou a hora de começar a pensar nos benefícios que esse pequeno investimento vai proporcionar para o seu negócio.Pensando em ajudar você, separamos os 3 principais motivos para ter um endereço fiscal. Veja:
  1. Regularização do negócio
Como já apontado: registrar a sua empresa nos órgãos públicos é extremamente importante para trabalhar de acordo com o que a legislação vigente em nosso país.Ninguém quer ter problemas jurídicos e/ou fiscais. Sendo assim, a regularização do seu empreendimento é o principal benefício a ser colhido.
  1. Redução de burocracia
A maioria dos processos burocráticos são lentos e difíceis de serem entendidos. Mas, já pensou que optar por um endereço fiscal pode ser um meio de reduzir a burocracia? A verdade é que alugar um endereço comercial é um processo extremamente burocrático.No entanto, quando você opta por alugar um espaço especializado em endereços fiscais, sua negociação se inicia com pessoas que sabem lidar com o seu problema e resolverão a situação da melhor maneira.
  1. Redução de custos
Alugar esses espaços para fins de fiscalização ainda trazem um outro benefício: a redução dos seus custos. Em um endereço comercial você pagará um aluguel alto, e ainda terá de se preocupar com a mobília do local.Optar por espaços de coworking, em que várias pessoas trabalham juntas, vai diminuir significativamente os seus custos — afinal, você não terá a necessidade de gastar com uma estrutura completa.Se seguir as dicas que apresentamos, você vai procurar um local moderno e sofisticado que atenda as suas necessidades para ser o seu endereço fiscal. Teremos o maior prazer em lhe ajudar a vencer esse desafio. Baixe o Guia Como abrir uma empresa!
Agora você pode ter uma empresa sem os altos custos de uma sala comercial!

Receba em seu e-mail Fique por dentro das novidades!



    Whatsapp Quero mais informações